Desde os primeiros dias de vida, Manuela chooooooooooooooooooooooooooooora de cólicas. Ja fiz tudo q ensinaram, q o Pediatra, vizinho, cachorro, papagaio mandou. Mas não é fácil. Todo dia no mesmo horario(fim de tarde, inicio de noite) ela chooooooooora, se estica, encolhe as perninhas, solta punzinhos. Morroooo de dó. Mas graças a Deus esta passando. Ela esta chegando nos 3 meses...  o/




Como livrar meu filho das cólicas?



As mamães ficam desesperadas quando seus bebês choram compulsivamente e não há nada que os faça acalmar. Não é fome, pois ele mamou quase agora e não aceita o peito, nem fralda suja, já que acabou de tomar banho. Mamãe, isso pode ser cólica, algo normal e esperado.
As cólicas são comuns em bebês desde o nascimento, principalmente depois dos 15 dias, seguindo até os três meses de vida, normalmente ocorrem no mesmo horário. Raramente acontece em bebês com mais de seis meses de idade.
É uma sensação nova para o bebê e dói muito. O choro de cólica é estridente. Observe as seguintes características: o bebê fica inquieto, com rosto vermelho, fazendo caretas, se contorce e encolhe as perninhas até a barriguinha.
A cólica acontece por imaturidade do sistema digestivo do bebê. Essa imaturidade faz com que as paredes intestinais se contraiam e relaxem sem controle e isso pode resultar em gases e levar à cólica.

Causas - Outro motivo seria que agora o intestino está recebendo alimento e a digestão acelera seu funcionamento, provocando as cólicas. O movimento do intestino também precisa de um tempo para amadurecer e se coordenar.

O intestino do bebê é preparado para receber só o leite materno até os seis meses de vida. Esse leite pode acarretar em cólicas porque faz o intestino do bebê funcionar para digeri-lo.
Se o bebê receber outro tipo de alimentação nesse período, as cólicas podem ser piores, pois a digestão é mais difícil e requer maior trabalho do intestino. A fermentação do leite e de outros alimentos causa gases e é outro fator de cólicas.
A tensão ou o estresse do ambiente pode deixar o bebê tenso e agitado, acentuando a cólica. Pode verificar que as cólicas geralmente ocorrem ao fim do dia quando todos estão mais cansados. Se a mamãe fica nervosa, o bebê sente essa ansiedade e insegurança, por isso a mamãe tem que tentar ficar o mais tranqüila possível e passar segurança para o seu bebê com muito amor e carinho.

Recadinhos importantes - O bebê pode engolir ar quando amamenta ou se alimenta. Engolir ar aumenta as dores por gases. Uma dor por gases pode ser a pior dor que seu pequeno já sentiu, por isso o choro que não cessa por nada. É importante colocar o bebê bem inclinado para se alimentar, arrotar após as mamadas e colocá-lo para dormir de lado.

Além da posição para alimentação e colocar o bebê para arrotar, há outras maneiras de prevenir a cólica. Fazer compressas mornas na barriga do bebê como colocar uma fralda aquecida ou bolsa com água morna (verifique a temperatura para não causar queimaduras), fazer ginástica com as perninhas do bebê como se ele estivesse "pedalando" e massagear a barriga do bebê com as mãos aquecidas com movimentos circulares durante 2 minutos, todos de 4 a 5 vezes por dia ajudam o bebê a não ter cólicas ou aliviar a dor na hora das crises.
Para evitar o estresse, procure manter o ambiente calmo e quieto enquanto alimenta o bebê ou nos horários mais freqüentes da cólica e descubra formas de confortá-lo, cada bebê se sente seguro e amado do seu jeito.

Não é cientificamente provado que a alimentação da mamãe pode dar cólica no bebê que amamenta. Mas há muitos relatos de mães sobre isso. Fique atenta se perceber que quando come algum tipo de alimento seu bebê tem cólica. Evite esse alimento pelo menos até os três meses de vida do seu bebê. Os agressores mais comuns são laticínios, chocolate, cafeína, melão, pepino, pimentão, frutas e sucos cítricos e alimentos condimentados.
Na hora da crise o calor ajuda na liberação dos gases que provocam a cólica. Colocar o bebê barriga com barriga com você com as perninhas encolhidas, de barriga no seu antebraço, uma bolsa térmica com água morna na barriga do pequeno ou massagear a barriguinha ajudam na eliminação da dor.Como os homens têm a temperatura do corpo um pouco mais elevada que as mulheres pode ser que as cólicas se resolvam mais rápido quando o bebê é colocado na barriga ou no antebraço do papai ou quando é o papai que faz as massagens.


Nada de chá - Não faça uso de chás para resolver o problema. O chá pode provocar ainda mais cólica já que o intestino do bebê ainda está imaturo. Ou o chá simplesmente por ter um efeito calmante faz seu bebê dormir, mas não resolve a cólica. Só use remédios com prescrição médica.


Bruno Rodrigues
















8 Comentários:

As minhas meninas disse...

essas cólicas são horriveis mesmo

a Lara sempre tem de madrugada ...

morro de dó! e não tem nada q faça passar ...

graças a deus elas estão chegando aos 3 mÊses ...

a Lara nasceu no mesmo dia em que a sua princesa linda

;P

Felicidade disse...

Oii vc ja deu algum remedinho pra nenem? Alice tmb ficava assim dei neo dimeticon, e nossa como ela ficou melhor dormiu bem sucegada e feliz, fica tranquila durante o dia, antes Alice tmb ficava assim ainda resmungava incolhendo as perninhs gritava.. ai comecei a dar primeiro de 8 em 8 horas ai que fui vendo que estava aliviando, agora só dou quando ela começa a gemer de dor, as vezes 1 vez por dia e ela fica otima.. tenta.. vc vai ver como a nenem fica otima.. serena tranquila e sem dor ne..
Beeeijoos

Nanda Ramos disse...

oie nusa!!!
eu sofri com colicas na larissa por 15 dias depois comecei a dar funchicória a ela, santo remedio nunca mais teve nadica....
bjussssss

Pris Scheidegger disse...

Amiga, sei o quanto é dificil ver nossos pequenos sofrendo... infelizmente, não há nada que possamos fazer, pois isso vem da imaturidade do organismo deles, ou seja, deixar de comer isso ou aquilo (a não ser que a criança seja alérgica) não vai adiantar nada. O Noah começou com colicas com 12 dias, mais ou menos. Fiz muitas coisas, mas a que realmente adiantou foi uma fórmula de homeopatia... dei a mesma por um mês e meio, quase dois meses, pra ele, sem interrupções e nunca mais ele teve cólicas. Se quiser, te passo a fórmula... mas é claro que isso vai de criança pra criança... mas quem sabe não funciona com ela tb?? Se quiser, estou a disposição. Ah!! Ela é linda demais!!! Que olhos!!! Bjsss

Luly disse...

Own... tadinha da manu.
Melhoras pra ela!!
q olhos lindos q ela tem!!
bjs Nusah!

pedacinho do céu...** disse...

sei bem comom é isso eu chorava junto com ana júlia..ela de dor e eu de desespero..mais grazadeus ela ta chegando nos 3 meses tbm.eu dava 4 gotinhas de buscopam minha vizinha ensinou foi um santo remedio.

rosana disse...

ah tadinha...espero que tenha melhorado...gostaria de compartilhar algo com vc neste dia....Não permitem que pessoas joguem vc num poço sem fundo,se não deu certo hoje,amanhã com certeza dará,mesmo que a tristeza nos abate e nos deixam caidas no chão,há esperança para o ferido,eu creio...que td dará certo...bjinhos Deus te abençõe grandemente....ouse sonhar...pois dias melhores virão!!Sua fé te leva além...creia...e conte sempre comigo.

Mamãe Jú disse...

Oi Nusa e Manu,
Eu dava funchicória pra ela, ajudava a diminuir o tempo da colica, e tb fazia massagem na barriguinha. Pode ser com oleo johnsons ou entao como faziam nossas avós, com banha e cachaça kkkk
Não sei se a massagem ajudava... mas Amanda adooooooooorava, depois do banho= massagem.
Até hj pede massagem.
Gostosa da mamae...
Logo logo passa amiga... ficamos na torcida.